Dieta sem gluten, sem lactose, doença celíaca, alergias alimentares, dieta para autismo

Intolerância à Lactose: um longo caminho para o consenso

Intolerancia a LactoseDurante três dias (do dia 22 ao 24 de fevereiro deste ano), os Intitutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos reuniram um painél de especialistas (foto) para estabelecer um consenso sobre o atual conhecimento em relação à intolerância a lactose. Os tópicos discutidos incluiram a prevalência e manisfeções clínicas da intolerância a lactose, como medi-la, possíveis tratamentos, o valor nutricional do leite e de fontes alternativas, bem como as consequências da exclusão do leite e derivados para a saúde. Neste artigo resumimos brevemente a definição de intolerância a lactose adotada pelos especialistas, bem como as principais conclusões divulgadas a partir do Encontro. Como poderá se deduzir nas próximas linhas, os especialistas acreditam que a ciência ainda tem que percorrer um longo caminho para a obtenção de respostas sólidas às questões mais comuns envolvendo a intolerância a lactose.

O que é a intolerância à lactose?

A intolerância a lactose advém da impossibilidade de digestão da lactose, o açúcar principal presente no leite. Para ser absorvida, a lactose precisa primeiramente ser digerida pela lactase, uma enzima presente no intestino delgado (a lactase digere a lactose em dois açúcares mais simples, glucose e galactose, os quais podem ser absorvidos pelo organismo). Durante o período de amamentação, a produção de lactase pela criança atinge o seu pico, permitindo a absorção adequada dos nutrientes do leite materno. No entanto, após este período e durante o transcorrer da infância, a produção de lactase gradualmente diminui: embora a lactase ainda continue sendo produzida, para a maioria das pessoas ocorre uma diminuição em sua produção na medida em que estas envelhecem. Como resultado, a lactose não digerida não é absorvida no intestino delgado, passando intacta para o intestino grosso, onde é fermentada pelas bactérias que ali se encontram. Os produtos naturais deste processo de fermentação (entre eles a produção de gases) pode desencadear sintomas como dores abdomais, flatulência, inchaço e diarréia. Segundo o painél de especialistas reunido em fevereiro, a intolerância a lactose se caracterizaria pela presença de sintomas gastrointestinais após a ingestão de lactose por um indivíduo que não consiga absorvê-la. O desenvolvimento (ou não) de sintomas irá depender de uma série de fatores, entre eles da quantidade de lactose normalmente ingerida, do grau de atividade da lactase residual presente no intestino delgado, da ingestão de outros alimentos concomitantemente à ingestão de lactose, bem como da sensibilidade individual aos produtos derivados da fermentação da lactose no intestino grosso.

Diagnóstico

Indivíduos com os sintomas gastrointestinas descritos devem procurar orientação médica, para que possam ser testados e para excluir outras condições médicas mais sérias, como a doença celíaca. A má-absorção de lactose poderá ser diagnosticada através da ingestão em jejum de uma dose de lactose específica, após a qual se testam os níveis de determinados produtos provenientes da fermentação da lactose não digerida. Outros métodos incluem a determinação da atividade da lactase através de uma biópsia do intestino, bem como testes genéticos para a detecção de um polimorfismo associação à menor produção de lactase.

Qual a prevalência da intolerância à lactose, e como esta prevalência diferente entre os grupos étnicos e idades?

A maioria das pessoas pode desenvolver intolerância à lactose, independentemente de sua origem étnica. Apenas uma minoria – primordialmentes os descendentes de culturas do norte da Europa e algumas partes da África, cuja subsistência era baseada no gado e no consumo de alimentos lácteos – possui uma mutação que lhes permite produzir a lactase ainda na vida adulta. No entanto, os especialistas concluem que estimativas sólidas sobre a prevalência da intolerância a lactose ainda são escarsas, uma vez que a maioria dos estudos médicos sobre a questão utilizou interpretações diferentes do que seria a intolerância a lactose, ou porque as amostras usadas não foram suficientemente representativas das populações.

Consequência da exclusão do leite da dieta para a saúde

A exclusão do leite da dieta pode diminuir os sintomas gastrointestinais em indivíduos intolerantes à lactose. O grau de alívio nos sintomas é geralmente associado ao grau de produção de lactase no indivíduo bem como à quantidade de lactose ingerida. No entanto, as consequências da exclusão do leite para a saúde dependerão da possibilidade de ingestão apropriada de nutrientes essenciais como o cálcio, os quais para muitos são fornecidos através dos produtos lácteos. O cálcio é necessário para o crescimento e desenvolvimento ósseo saudável, bem como para a manutenção da densidade óssea. Portanto, se ao excluir o leite da dieta o indivíduo não substitui esta fonte de cálcio por outras em quantidade suficiente, a exclusão do leite pode aumentar os riscos de complicações ósseas como a osteoporose, além de outras complicações médicas relacionadas. Por um lado é certo que, embora o leite e derivados sejam excelentes fontes de cálcio, proteína, magnésio, potássio, riboflavina e outros nutrientes, tais nutrientes também podem ser encontrados em outros alimentos e suplementos. Por outro lado, no entanto, os especialistas observam que ainda não existem dados científicos suficientes e em grande escala sobre a eficácia e facilidade de implementação de tratamentos que substituem a ingestão de leite por fontes alternativas de nutrientes.

Quais as possibilidades de tratamento?

Atualmente o tratamento da intolerância à lactose envolve a redução na ingestão – ou exclusão da dieta – de alimentos contendo leite e derivados, ou a substituição por produtos com baixo teor de lactose, nos quais a lactose já foi ‘digerida’ pela adição de lactase ao produto, ou ainda o uso esporádico de cápsulas de lactase (ou seja, a ingestão da enzima que o corpo deixou de fabricar) antes do consumo de alimentos com lactose. O uso de pré-bióticos (normalmente carboidratos que facilitam a colonização intestinal por bactérias benéficas) e probióticos em suplementos alimentares e produtos como o iogurte é também uma intervenção frequentemente adotada no tratamento da intolerância a lactose. Segundo os especialistas, para algumas pessoas mesmo a ingestão de pequenas quantidades de iogurte, queijos e produtos com baixo teor de lactose podem ter resultados positivos. No entanto, estes advertem que ainda é difícil tirar conclusões sólidas sobre a eficiência destes tratamentos. Segundo eles, pesquisas mais controladas e padronizadas ainda são necessárias para determinar a eficiência das intervenções mais populares no tratamento da intolerância.

Mais informações:

O resumo da opinião dos especilistas pode ler lido em: http://consensus.nih.gov. Já a revisão da literatura científica produzida pode ser lida em http://www.ahrq.gov/downloads/pub/evidence/pdf/lactoseint/lactint.pdf



Related Posts with Thumbnails
.

32 Comentários »

(não poderemos responder questões sobre diagnóstico, tratamento ou sintomas, procure sempre aconselhamento médico. No caso de receitas, não sabemos o resultado da substituição de ingredientes. Caso faça uma substituição e dê certo, sinta-se a vontade para publicar a sugestão aqui! Pedimos também que evitem postar publicidade sobre produtos e serviços, para anunciar no site clique aqui)

  1. boa tarde,quero saber,a alimentação adquada,pra pessoa com intolerancia,a lactose.

  2. temos uma bebê de quase 02 meses e ela tem alergia a lactose, estamos preocupados porque suas fezes apresentam sangramentos,já fomos ao médico, mas gostaríamos de saber se há algum teste específico para ter certeza se é realmente uma alergia.

  3. Oi Josué,
    É muito importante que você procure o pediatra de seu filho e lhe relate a presença do sangramento. Ela poderá lhe encaminhar aos testes específicos, já que o sangramento pode ter origens muito diversas.
    Abraços

  4. Olá.
    A minha filha de 1ano e meio tem alergia a leite de vaca, cujo índice foi de 1,25 (classe 2).
    Gostaria de saber se esse resultado, obtido no exame de sangue, quer dizer que ela tem alergia ao leite de vaca ou tem intolerância à lactose. Gostaria de saber a diferença.
    Grata,
    Cláudia

  5. Ola.

    Meu filho tem 3 anos, ja fez varios exames que acusaram a alergia a leite de vaca. Faz mais ou menos uns 1 ano ele vem comendo de tudo, mas o leite continua sendo o de Soja. Fiz recentemente um exame no qual a alergia ao leite de vaca esta zerada mas deu alteração no leite de Soja.

    É normal isso acontecer.

    Obrigada

    Carla

  6. Gostaria de saber onde se pode encontrar para comprar as enzimas de lactasa en comprimidos. na minha casa é um sofrimento total a alergía à lactose.

  7. Olá Rebeka,
    As cápsulas de Lactase podem ser adquiridas em farmácias de manipulação através de receita médica, ou então através da Montpharma (www.montpharma.com.br), também com receita médica.
    Abraços,

  8. Oi Carla,
    Muitas crianças deixam de ser alérgicas à proteína do leite de vaca com o passar do tempo. Quanto a alergia ao leite de soja, o ideal é você conversar com a pediatra para que investiguem a alergia e iniciem o tratamento apropriado.
    Grande abraço,

  9. Silvana Lacerda
    28 de abril de 2010

    olá!

    Tenho um filho de 3 anos e oito meses que tem alergia a proteína do leite, (caseína, caseinato)
    se tiver contato com algum alimento já apresenta dermatite de contato e se ingerir apresenta insuficiencia respiratória (edema de glote) já teve inicio a choque anafilático, muito me preocupa pois já li varias reportagens e já ouvi que até os 2 anos haveria uma possibilidade de criar resistência e isso não ocorreu , ou até os 5,6 anos se até essa idade ele não criar essa resistência poderá ser para toda vida. gostaria de saber se há algum exame especifico para saber mais detalhes e também se ha algum tratamento que possa auxiliar , enfim gostaria de saber mais sobre essa alergia .
    um abraço!

  10. BoaNoite!

    Foi descoberto em minha filha de 10 anos de idade, a intolerancia a lactose.Quanto tempo leva esse tratamento?
    Ela podera voltar a se alimentar com tais substancias?
    Qual a alimentacao adequada?
    Obrigada.

  11. Tenho intolerancia a lactose e a gluten. Fiquei muito triste recentemente porque foi diagnosticado que minha filha de 2 anos de idade também tem intolerancia a lactose. Ela adora leite e fico sem saber como tirar o leite da vida dela, tentei algumas vezes substituir o leite por leite de soja de marcasbem conhecida no mercado, mais sem sucesso. Como faço para suprir essa necessidade?

  12. Bem, até chegar ao diagnóstico de DC com minha filha tive que aprender bem alguns conceitos...Importante lembrarmos que o texto acima trata da intolerância à lactose que é um açucar presente no leite( o organismo não produz a lactase para digerir a lactose ou o não o faz a contento) . A alergia ao leite de vaca é diferente, a criança é alérgica à proteína do leite. Os sintomas de um e de outro também são diferentes. Enquanto na intolerância a criança pode ter diarréia ou constipação, vômitos, ter o abdomem distendido e em consequência deixar de absorver nutrientes dos alimentos, na alergia os sintomas são mais imediatos, podendo haver manchas na pele, inchaço, e até reações respiratórias graves (edema de glote, reação anafilática). Pelo que entendo no primeiro os "estragos" vêm a longo prazo além do mal estar momentâneo, mas no segundo pode haver risco de vida imediato dependendo do nível da alergia. Se estiver enganada me corrijam. Um abraço ...

  13. Olá Sabrina, agradecemos o comentário. É isto mesmo!
    Abraços

  14. meu filho tem 2 anos e tres meses,começou a tomar leite de vaca aos 3meses e meio,com 4 meses ficou doente e assim quase todo mes ficava doente,levava ao pediatra e ele falava que era sinusite,faringite,garganta cada vez era um diagnostico diferente.Nao aguentava mais ver meu filho tomar antibiotico.Ate que um dia de tanto eu falar ele me deu um pedido de teste alergico a leite de vaca.Deu uma pequena intolerancia ao leite de vaca assim disse o medico,entao passou um anti alergico por 3 meses e pediu para suspender todo tipo de derivado de leite.Por 2 meses meu filho so tomou leite de soja e nao ficou doente,qdo a nutricionista pediu para voltar a alimentaçao normal aos poucos dei danome esperei 3 dias como ela disse nao aconteceu nada dei novamente,na semana a seguir ele comeu chocolate e um pouco de leite de vaca (meio copo)e depois de dois dias voltou a ficar doente e sempre sao os mesmos sintomas,febre alta,peito cheio e qdo mama tosse ate vomitar(ate mesmo o leite de soja) e fica varios dias sem se alimentar so aceita liquidos.Agora a nutricionista me pediu para ficar 3 meses sem oferecer nada de leite novamente para ver se ele cria resistencia.Minha duvida e se ele nao deve ter alergia a mais alguma outra coisa,pois so foi feito o teste para o leite de vaca.obrigada

  15. Olá Angela, obrigada pelo contato. Somente um médico, através de exames específicos e do histórico médico do teu filho, poderá investigar se ele tem alguma outra alergia. É importante que isto seja feito por um profissional, para que o teu filho não corra riscos desnecessários nem restrinja a dieta de forma que possa prejudica-lo.
    Abraços,

  16. Bom dia,

    Tenho um filho de 06 anos q só agora foi descoberto a intolerância a lactose. Ele nasceu de parto cesário , mas tudo normal. Passou 06 meses mamando só no peito,. só que durante esse período ele chorava muito , o dia inteiro . Levava para o Pediatra, ela passou buscopan em gotas e disse que era normal ele tinha cólicas a tal espremedeira popularmente, ele tomava buscopan e não resolvia nada, e só o que a médica dizia: tenha paciência depois dos 06 meses passa. De fato ele melhorou. Acrescentei outros alimentos e melhorou. E começou a ter problemas de garganta , febre alta,de 40graus ( é alergico a dipirona) tosse , e peito cheio de secreção, nariz entupido e constipação. A vida dele se resumiu tomar antibiótico, cot coíde, xaropes para tosse , inalação enfim, toda semana levava ao otorrinos com os mesmos problemas. e nenhuma melhora. Duas vezes foi internado com febre de 40 graus e e vomitava preto e pela ultima vez vomitou sangue, fizeram uma endoscopia e apresentou um cisto. Ele tem plano de saúde e sempre foi acompanhado pelos melhores médicos da região e fico me perguntando onde errei, por que só agora foi descoberto? ele já deveria ter essa intolerância desde o seu nascimento, quais as consequências de nao ter descoberto antes, esse cisto pode por causa do leite ou dos antibióticos?, pergunto aos médicos não me respondem,acho q não se querem se comprometer, pois moro em cidade muito pequena onde todos se conhecem. omeu fillho mamou até 1ano e 8 meses, e o que ele mais gosta é de leite e seus derivados. Desde o dia q nasceu meu filho, que eliminei o leite e seus derivados, chocolate, frituras. está com 02 meses que nao toma antibiótico. Quasi as consequencias q meu filho pode vir a sofrer pior nao ter diagnosticado antes?. obrigada!

  17. tenho 40 anos e estou com intolerancia a lactose, o q poderia comer para substituir o calcio do leite ,nao tenho como pagar uma nutricionista esta muito dificil de fazer uma dieta obrigado

  18. Olá.
    Tenho a mesma dúvida que a Cláudia,
    O meu filho de 2 anos fez um exame para saber se teria vários tipos de alergia, apareceu cerca de 1,59 (classe 2) Leite de vaca.
    Gostaria de saber se esse resultado, obtido no exame de sangue, quer dizer que ele tem alergia ao leite de vaca ou tem intolerância à lactose. Gostaria de saber a diferença?
    Por que ele ama muito leite, dou o ninho fases.
    Obrigada
    Maria Cláudia.

  19. estou tratanto meu filho com uma alergologista muito famosa ,entroduziu ums remedios homeopaticos tió xarope e uma capsulas pequeninas,mas nao estou vendo melhorar nada,nao toma leite de vaca nem seus derivados,mas continuo no tratamento,toma vacinas sub-cutaneas acada dez dias,tenho muitos cuiados com ele esta com 6 anos ainda cansa com muita facilidade.acho que o tratamento as vezes é perda de tempo.o tratamento é mesmo demorado

  20. Minha mãe ja fes isso e pode acredita da certo ajuda a manter o entestino em dia.

  21. minha filha tem 11 meses e quero tomar bup ja tomava antes de engravidar dela sera que posso tomar ainda dando peito para ela ????

  22. minha filha tem 1 e dois meses e tem alergia a gluten clara trigo lactose ,ela toma leite neocate como ela tambem tem refluxo eu preciso engrossar o leite; ela afoga muito se nao engrossar eu fazia isto com o amido de milho mas ela se coçava demais e dava muita colica entao parei, agora nao consigo achar opçao porque tudo tem gluten. ela nao come nenhum tipo de fruta isso dificulta ainda mais se voces tiverem alguma receita tudo o vier vai vai ser bem vindo desde de ja agradeço adriana....................

  23. oi,meu filho tem 4 anos e tem intolerancia a lactose,ele tem muita diarreia.gostaria de saber se tem algum tipo de tratamento para esse sintoma,nois dois sofremos muito com isso

  24. ola, estou desesperada, minha filha e alergica a lactose,ja tentei tirar o leite nao consigo,os sintomas dores abdominais muito fortes a ponto de nao andar,gostaria de saber o que acontece com o intestino,ele fica machucado,mas e so isso,ou o que mais acontece, por favor me expliquem, estoyu muito triste,omtem ela sentiu dores, e hojenao pode nem sentar so esta deitada... obrigada mamae juliana

  25. Qual é o suplento ja usado na europa q se toma antes de ingerir alimento com leite q faz na sentir sinomas?

  26. Boa tarde,

    Gostaria de um contato de médico especialista em intolerância à lactose. Não localizei nenhum em minha cidade (Belém-PA), mas posso me deslocar para o Rio de Janeiro ou São Paulo, caso encontre um bom médico nesses locais.

    Grata desde já.

    Erica

  27. Bom dia....tenho um filho com 5anos,faz uns 7meses que vem tendo tosse e nariz entopido e as vezes com secreçao.sera que pode ser alergia a lactose que esta apresentando agora..

  28. qual o nome do antialergico para a tolerancia a lactose.

  29. nome do antialergico para tolerancia a lactose.

  30. boa tarde,tenho um filho de 1 ano e des dos 6 meses que eu tento dar leite a ele,e toda vez em que eu vou dar leite ele tem uma reaçâo ao leite,ele fica todo vermelho e o corpo dele se enche de manchas vermelhas e tudo que contém leite e eu dou a ele ele fica do mesmo jeito o que vc me sugeri muito obrigada e boa tarde....

  31. Acho que minha vida toda até 1 ano atras convivi com os sintomas que hoje sei que é da intolerancia
    ao leite e derivados, mas isso fez que desenvolvesse uma calcificação um tanto grande em varias articulaçoes, é procedente esta informação, ja que fiz uso mesmo sofrendo dos sintomas, por cerca de 40 anos

  32. Boa Tarde!
    Gostaria de saber se existe algum tratamento com vacina para quem tem intolerância à lactose.
    Obrigada
    Elisangela

Deixe seu comentário!

(não poderemos responder questões sobre diagnóstico ou sintomas, procure sempre aconselhamento médico. No caso de receitas, não sabemos o resultado da substituição de ingredientes. Caso faça uma substituição e dê certo, sinta-se a vontade para publicar a sugestão aqui! Pedimos também que evitem postar publicidade sobre produtos e serviços, para anunciar no site clique aqui)